Select Page

Black Venus / Venus Negra

Based on the true story of Saartjie Baartman, a woman of the Khoi people that, in the XIX century, left South Africa to conquer European society, where she wants to be recognized and worshipped. As soon as she arrives to the old continent, she is treated as a freak due to her unusual physical appearance. “The Black Venus” is her story. In Europe, she attained certain fame, being taken as a concubine by Hendrick Caezar, that presented her as the attraction “The Hottentot Venus”: Hottentot was the name used by the Khoi people – today the term is considered offensive – and Venus (evoqued the roman goddess of love), suggesting a conflict between a human and an animal side. Under the domain of Caezar, she is forced to appear naked in public, and the audience is welcomed to touch her buttocks and genitals. When the journalists denounced the exploitation, she declares in court that she acted on her free will, but answers with embarrassment to the fact that she is so badly treated. After ending her partnership with Caezar, she works with Reaux, an entrepreneur of the show business with dodgy intentions that exhibits her in front of French aristocrats. She later became Georges Cuvier’s hostage. Cuvier attempts to use infamous science to prove that Africans are racially inferior.

Written and directed by Abdellatif Keniche, at times the film seems like a documentary, using close-ups, and exposing without concessions the real suffering of a woman brutally exploited and humiliated, that wishes after all to keep her dignity.

Baseado na história verídica de Saartjie Baartman, uma mulher do povo Khoi que, no século XIX, deixou a África do Sul à conquista da sociedade europeia, onde pretendia ser reconhecida e idolatrada. Mas assim que chegou ao velho continente foi tratada como uma aberração devido ao seu físico invulgar. “Vénus Negra” é a sua história, o seu destino. Na Europa ainda obteve certa fama, levada por Hendrick Caezar, que a apresentava como uma atracção que denominava de “The Hottentot Venus”: Hottentot era o nome utilizado para o povo Khoi - hoje o termo é considerado ofensivo - e Venus (evocando a deusa romana do amor), sugerindo ao público uma parte humana, outra animal. Sob a direcção de Caezar, Saartjie era por vezes obrigada a aparecer nua perante os espectadores, que podiam tocar nas suas nádegas e genitais. Quando os jornalistas denunciam esta exploração, ela declara em tribunal que age por vontade própria, mas responde com embaraço ao facto de ser tão mal tratada. Ao terminar a parceria com Caezar, passa a trabalhar com Reaux, um empresário de espectáculos de escrúpulos duvidosos, que a exibe perante aristocratas franceses. Mais tarde fica à mercê de Georges Cuvier, um cientista que a utiliza nas suas experiências infames, na esperança de provar que os africanos são racialmente inferiores.

Escrito e dirigido por Abdellatif Kechiche, por vezes apresentando um registo quase documental, recorrendo a planos muito próximos, expondo sem concessões o sofrimento real de uma mulher brutalmente explorada e humilhada, que procura, apesar de tudo, manter a sua dignidade.

Director Realização: Abdellatif Kechiche
Script Argumento: Abdellatif Kechiche, Ghalya Lacroix
Cast Interpretação: Yahima Torres, Andre Jacobs, Olivier Gourmet, Elina Löwensohn, François Marthouret, MichelGionti, Jean-Christophe Bouvet
Music Música: Slaheddine Kechiche
Cinematography Director de Fotografia: Lubomir Bakchev, Sofia El Fani
Editing Montagem: Camille Toubkis, Ghalya Lacroix, Laurent Rouan, Albertine Lastera
Production Produção: Charles Gillibert, Nathanaël Karmitz, Marin Karmitz
Production Year Ano de Produção: 2010
Country País: África do Sul, Tunísia, França
Duration Duração: 159´
Age Class. Class. Etária: M/16

Cinema Sessions CineMundus / 2017

An event promoted by the International Office of the University of Porto targeted to all the ones interested in films from faraway lands and dedicated to mobility students that are at the moment in Porto. The second edition of the cinema session “Cine-Mundus”, organized jointly between cinema experts of the Faculty of Fine Arts, counts with 5 films, from 5 different regions, of 5 directors of Erasmus Mundus Action 2 nationalities. It is screened at the Aula Magna of the Faculty of Fine Arts (FBAUP) all Thursdays at 21h. At the end of the film sessions, on the 7th of April at 21h it will be held a debate about cinema and other singularities of the cultures of the countries involved.

The program for the event:

March 9th — THE LUNCHBOX  [Open Class], Ritesh Batra, India
March16th — LESSONS OF HARMONY, Emir Baigazin, Kazakhstan
March 23rd — CIRKUS COLOMBIA, Danis Tanović, Bosnia Herzegovina
March 30th — BLACK VENUS, Abdellatif Kechiche, South Africa, Tunisia, France
April 6th — BIRDWATCHERS [Open Class], Marco Bechis, Brazil, Chile, Italy
April 7th — OPEN DEBATE

Friends and family are welcome to join. Entrance is free!
*Aula Magna/FBAUP Address: Av. Rodrigues de Freitas, 265 4049-021 Porto

Iniciativa do Serviço de Relações Internacionais da Universidade do Porto, dirigida a todos os interessados em cinema vindo de paragens longínquas e dedicado aos estudantes de mobilidade que se encontram no Porto. A segunda edição do ciclo de cinema “Cine-Mundus” organizada em conjunto com especialistas em cinema da Faculdade de Belas Artes, selecionou 5 filmes, de 5 regiões diferentes, de 5 realizadores de nacionalidades Erasmus Mundus Ação 2 para apresentar na Aula Magna da Faculdade de Belas Artes (FBAUP) todas as quintas-feiras às 21h. No final do ciclo, às 21h de 7 de Abril, decorrerá um debate sobre cinema e facetas da cultura dos países envolvidos.

A programação do evento:

9 Março — A LANCHEIRA  [Aula Aberta], Ritesh Batra, India
16 Março — LIÇÕES DE HARMONIA, Emir Baigazin, Casaquistão
23 Março — CIRKUS COLOMBIA, Danis Tanović, Bósnia Herzegovina

30 Março — VÉNUS NEGRA, Abdellatif Kechiche, África do Sul, Tunísia, França
6 Abril — BIRDWATCHERS [Aula Aberta], Marco Bechis, Brasil, Chile, Itália
7 Abril — DEBATE ABERTO

Amigos e família serão também bem-vindos. A entrada é totalmente livre!

PROGRAMA CINEMUNDUS

 


30 março 2017

21:00
Cinemundus, Aula Magna

FILMES ANTERIORES

Visions of Europe

Erasmus Movie Session / Ciclo de Cinema Erasmus


9 maio 2017

21:00
Aula Magna

Noutro País

Filme de Hong Sangsoo, 2012


4 março 2017

17:00

Cinema de Bairro, Aula Magna

Festa de Babette

Filme de Gabriel Axel, 1989


21 janeiro 2017

17:00

Cinema de Bairro, Aula Magna
[Aula Aberta]

Palombella Rossa

Filme de Nanni Moretti, 1989


13 maio 2017

17:00
Aula Magna [Aula Aberta]
Cinema de Bairro

Volver

Filme de Pedro Almodóvar, 2006


1 abril 2017

17:00 [Aula Aberta]
Cinema de Bairro, Aula Magna

Morangos Silvestres

Filme de Ingmar Bergman, 1957


15 abril 2017
17:00 [Aula Aberta]
Cinema de Bairro, Aula Magna

Verão de Kikujiro

Filme de Takeshi Kitano, 1999


29 abril 2017
17:00 [Aula Aberta]
Cinema de Bairro, Aula Magna

Birdwatchers

Filme de Marco Bechis, 2008


6 abril 2017

21:00 [Aula Aberta]
Cinemundus, Aula Magna

Quadros Negros

Filme de Samira Makhmalbaf, 2000


8 abril 2017
15:00 [Aula Aberta]
Cinema de Bairro, Aula Magna

Cirkus Columbia

Filme de Danis Tanović, 2010


23 março 2017

21:00
Cinemundus, Aula Magna

Paris Texas

Filme de Wim Wenders, 1984


18 março 2017

17:00
[Aula Aberta]

Cinema de Bairro, Aula Magna

A Poeira do Tempo

Filme de Theo Angelopoulos, 2008


12 novembro 2016

17:00

Cinema de Bairro, Aula Magna

Cinema Paraiso

Filme de Guiseppe Tornatore, 1988

Sábado, 17h, 15 outubro 2016 
Cinema de Bairro, Aula Magna

Aula aberta com prof. Vítor Almeida

O Fim do Outono

Filme de Yasujiro Ozu, 1962

Sábado, 17h, 29 outubro
2016

Cinema de Bairro, Aula Magna

O Miúdo da Bicicleta

Filme de Jean-Pierre & Luc Dardenne (2011)

Sábado, 17h, 18 junho 
Cinema de Bairro, Aula Magna

Camille Claudel 1915

Filme de Bruno Dumont (2013)

Sábado, 17h, 25 junho 
Cinema de Bairro, Aula Magna

Intervenção Divina

Filme de Elia Suleiman (2002)

Sábado, 17h, 9 julho 
Cinema de Bairro, Aula Magna

Aaltra

Filme de Benoît Delépine e Gustave Kervern (2004)

Sábado, 17h, 9 julho 
Cinema de Bairro, Aula Magna

Stalker

Filme de Andrei Tarkovsky (1979)

Sábado, 17h, 16 julho 
Cinema de Bairro, Aula Magna

India Song

Filme de Marguerite Duras (1975)

Sábado, 17h, 11 junho 
Cinema de Bairro, Aula Magna

Promessas

Filme de Emir Kusturica (2007)

Sábado, 17h, 4 junho 
Cinema de Bairro, Aula Magna

Um Castelo em Itália

Realizado e interpretado por Valeria Bruni-Tedeschi (2013)

Sábado, 17h00, 28 maio 2016 
Cinema de Bairro, Aula Magna