Select Page

AINDA

É sempre gratificante ver os estudantes de regresso ao Museu da FBAUP mesmo quando, como agora, as obras surjam (talvez) em número excessivo atendendo a possibilidade de as acomodar seguindo os registos habituais de distribuição e instalação, de modo a que pensamentos e construções tão diferenciados possam encontrar o equilíbrio desejado. A leitura da presente exposição permite esclarecer que continuamos a ter um número considerável de estudantes realmente envolvidos nos diferentes ambientes tecnológicos, o mesmo é dizer que atendendo a natureza das propostas e proposições autorais iniciais, é significativa a expressão que acentua o exercício da prática oficinal nos modos consuetudinários para efeito de construção dos diferentes artefactos, consciência que se vê mais crítica e interiorizada também no que respeita a técnicas que se julgavam desvalorizadas face a procedimentos emergentes. A escultura vem assim a marcar este regresso em força ao oficinal independentemente da origem e alocação habitual das referidas práticas e saberes ao mesmo tempo que com ele e em inteira cumplicidade respondem os jovens estudantes em concordância com os imperativos e anseios de cada um. E não deixa de ser relevante ver que deste grupo de estudantes surgem não poucas vezes os casos de maior sucesso escolar e artístico sem prejuízo, naturalmente, dos projectos com maior acentuação conceptual e pluridisciplinar que em todo o caso raramente dispensam a componente formal. O arrumo das obras, a disposição dos artefactos respeitando os continentes que lhes são próprios, os espaços que se desenham entre umas e outras mas também a percepção global de discordâncias são naturalmente aspectos a merecerem sempre discussão, sobretudo quando o universo dos artistas é tão diversificado, também na força que os motiva. Resulta assim singular qualquer que seja o dispositivo final encontrado, na medida em que será sempre reflexo de uma certa impossibilidade de acomodação ideal, e talvez nisso resida uma das condições mais fascinantes da cultura artística contemporânea justamente por ser o preceito propiciador ao desafio da regra e através dele, infinitas as possibilidades de acomodação e revitalização das obras. Em contexto académico e no seguimento de anteriores edições, há natural tendência em dispor as obras em dois grandes grupos: as obras que apreciam a luz do dia, aquelas que por natureza se apresentam de forma crua, natural; em oposição a um conjunto de obras que preferem o tratamento acautelado da luz artificial, também em razão das propriedades que são próprias aos audiovisuais mas sem que neles se esgotem a razão da preferência. O que não significa, de todo, que os negros se acumulem a um lado da galeria, em oposição aos brancos que gozam da efémera casualidade de se mostrarem no lado oposto, bem junto à grande porta envidraçada que dá acesso ao terraço. Na verdade há nos diferentes espaços e circuitos a construir paralelamente à galeria oMuseu lugar a temperaturas de cor diferenciadas cada uma a seu modo a impregnar de forma particular a constelação de obras que lhe são próximas independentemente da condição que as sustenta.

Esta é a expressão conseguida para a presente exposição de estudantes finalistas em escultura da FBAUP, edição 2017/2018, também nos aspectos que respeita à produção global final pensada para esta galeria que ainda assim e em razão do volume e características dos trabalhos apresentados, obriga a articulação com outros espaços, nomeadamente com o Mezanino (1 º piso) e eventualmente Galeria Cozinha (junto ao Bar).

AmaralDaCunha

 


8 a 15 junho 2018
oMuseu
Inauguração às 17:00

EXPOSIÇÕES ANTERIORES

Histórias por contar

Elas: autoria & autoridade em questão


20 julho a 27 outubro 2018
Pavilhão de Exposições
Inauguração 19 julho · 18:00
Encerrada durante o mês de agosto

Mar Novo

A exposição apresenta e discute várias peças que constituíram o projecto vencedor nas suas múltiplas valências, integrando elementos originais da extraordinária proposta que Júlio Resende desenvolveu para este ambicioso projecto colaborativo de obra pública.


17 novembro 2017 a 3 março 2018
Pavilhão de Exposições

do it

do it é uma exposição itinerante concebida e comissariada por Hans Ulrich Obrist e organizada pelo Independent Curators International (ICI), Nova Iorque.

do it is a traveling exhibition conceived and curated by Hans Ulrich Obrist, and organized by Independent Curators International (ICI), New York. 


25 de março a 23 de junho 2017

Inauguração 24 de março às 18:00
Pavilhão de Exposições

doingit.fba.up.pt

ONZE SEGUNDOS SACÁDICOS

Exposição de Tomás Abreu


26 maio a 16 junho 2018
Galeria Painel
Rua das Taipas, 135 Porto
Inauguração às 17:00

Tubo de Ensaios 17_18

Mostra Curricular Atelier II Escultura 3º ano · LAP 2017/18


15 a 21 junho 2018
Vários espaços da FBAUP

As Fotografias e o Resto 3

As Fotografias e o Resto 3, é o título da terceira edição da exposição que apresenta os portfolios e projectos editoriais desenvolvidos em Práticas da Fotografia (Artes Plásticas).


24 janeiro a 2 fevereiro 2018
oMuseu
Inauguração 17:00

D’Après

A oficina, o laboratório, o natural — último momento do projecto d’Après Abel Salazar em parceria com CMAS — Casa Museu Abel Salazar.


6 junho a 24 agosto 2018
Sala de Exposições · Reitoria da Universidade do Porto
Praça de Gomes Teixeira
Inauguração às 18:00

INTERNAMENTE — Pensamento e Prática Artística em Contexto Hospitalar

Exposição que apresenta uma dezena de alunos e alumni da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, com formação em Pintura e Gravura, dos diferentes níveis de graduação: licenciatura, mestrado e doutoramento.


9 junho a 15 setembro 2018
Hospital da Prelada
Inauguração às 18:30

RUN RUN RUN

Exposição de Finalistas de Design de Comunicação 2017/18


5 a 13 julho 2018
oMuseu
Inauguração às 17:00

Padrão

Residência Artística: Deslocações #01
Exposição de Estudantes da Licenciatura em Artes Plásticas — Multimédia


24 março a 21 abril 2018
Museu Municipal Abade Pedrosa
Museu Internacional de Escultura Contemporânea
Santo Tirso

Questões de Conservação 3

Estudos de Barata Feyo para as fontes do Direito no Palácio da Justiça do Porto


12 a 20 abril 2018
Galeria do Museu

Prémios de Aquisição FBAUP 2016/17

Exposição com os premiados das licenciaturas em Artes Plásticas e em Design de Comunicação


21 setembro a 4 outubro 2017

Galeria Cozinha
Inauguração 15:00

 

HIATO

Exposição dos alunos finalistas do 4ºano da Licenciatura em Artes Plásticas, Ramo de Escultura


25 janeiro a 25 fevereiro 2018

Fórum Maia, Galeria 4
Inauguração 19:00

 

Cerejas para um amigo

Exposição de desenhos do Escultor José Rodrigues


21 setembro a 6 outubro 2017

Galeria 1º andar
Inauguração 15:00

 

Slow is the New Fast

Exposição de Finalistas do Mestrado em Arte e Design para o Espaço Público


21 setembro a 4 outubro 2017

oMuseu e outros locais
Inauguração 15:00

 

Ecos Pop

Exposição de Isabel Cabral e Rodrigo Cabral.


14 julho a 28 outubro 2017
Pavilhão de Exposições

Bucha

Exposição Coletiva do Mestrado em Artes Plásticas — Escultura com Bárbara Rosário, Beatriz Bizarro, Bruno Pedreira, Carolina Aguiam, Gil Raro, Grécia Paola, Inês Silva, João Pinto, Marta Arcanjo, Ricardo Pinho e Sara Ramone.


4 a 18 maio 2018
Hall do Auditório Ferreira da Silva · Faculdade de Ciências da Universidade do Porto
Rua do Campo Alegre
Inauguração às 17:00

Time-Lapse

Exposição dos alunos finalistas da licenciatura em Artes Plásticas Multimédia da FBAUP


9 dezembro 2017 a 6 janeiro 2018
Solar, Galeria de Arte Cinemática, Rua do Lidador, Vila do Conde.

Sem Retorno

Exposição de Design de Comunicação – Finalistas LDC


22 a 30 junho 2017

Galeria do Museu
Inauguração 16:00

 

Addio, adieu, auf wiedersehen, goodbye

Exposição de Artes Plásticas – Finalistas Multimédia


8 a 22 junho 2017

Cooperativa dos Pedreiros
Escola Profissional de Economia Social
Inauguração 16:00

 

Tubo de Ensaios 1617

Mostra Curricular _Atelier II _ Escultura _3º ano LAP_ 2016/17


21 a 28 junho 2017

FBAUP
Inauguração 16:00

ANAMNESE_17

Exposição de Artes Plásticas — Pintura (estudantes finalistas)


2 a 9 junho 2017

oMuseu
Inauguração 16:00

 

Zona Incerta

Exposição da dupla de artistas Sturqen


17 março a 14 abril 2018
Galeria Painel

Obra de Mão

Exposição de projectos sobre peças cedidas pelo Museu da História da Medicina “Maximiano Lemos” da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto.


10 a 25 maio 2018
Sala de Exposições · Reitoria da Universidade do Porto
Praça de Gomes Teixeira
Inauguração às 18:00

No Interior

A exposição «no interior» reune um conjunto de pinturas de estudantes finalistas da Licenciatura em Artes Plásticas da FBAUP.


14 julho 2018
Casa da Cultura

Museu da Escola
Ribeira de Pena
Inauguração às 15:00

Second Chance

Apresentação de projecto


Candidaturas até às 12:00 de 13 de abril