Select Page

Mais do Que a Soma // Carlos Carreiro, Helena Abreu e Lima e Sobral Centeno

Ciclo de 5 Seminários desenvolvido no âmbito do projeto Wisdom Transfer — Contributos para a inscrição científica de legados individuais em contextos de reforma universitária e científica nas artes e design. São conversas itinerantes entre quatro personalidades, 3 artistas/professores, alunos da ESBAP numa fase de reforma de ensino e revolta social, e uma personalidade moderadora. Os entrevistados representam parte da nossa lista de entrevistados, oriundos de uma geração, que em muito marcou a estética e o sentido de escola actual da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto.

Artistas convidados: Carlos Carreiro, Helena Abreu e Lima e Sobral Centeno. Moderador: Paulo Barros.

CARLOS CARREIRO nasceu em 1946, em Ponta Delgada, Açores. Frequentou o curso de Artes Plásticas/Pintura na ESBAP entre 1965 e 1972. Foi professor da Faculdade de Belas Artes do Porto. Em 1976 formou o Grupo Puzzle com Graça Morais, Jaime Silva, Dario Alves, Albuquerque Mendes, Pedro Rocha, Fernando Pinto Coelho, João Dixo e Armando Azevedo. Participou, em Portugal e no estrangeiro, em mais de 300 exposições colectivas, tais como Arco 98, Madrid e Art Cologne 01. Tem realizado diversas exposições individuais em Portugal e no estrangeiro, para além de estar presente em numerosas colecções particulares e em muitos organismos oficiais nos Açores, como por exemplo, a Assembleia Legislativa Regional dos Açores. Das galerias onde expôs, destacam-se: Zen, JN, 111, Módulo, EG, Bertrand, Roma e Pavia, Diagonal, Diagonale (Paris), entre outras. Em 1991/92, com o apoio da Direcção Regional da Cultura, foi organizada uma exposição antológica, assinalando os 25 anos de carreira do artista. A sua pintura é inconfundível devido ao seu estilo próprio, num imaginário onde imperam a fantasia, o humor e o comentário num verdadeiro jogo de luz e conceitos. Recebeu vários prémios entre eles, em 1984, a Menção Honrosa George Orwell da Fundação Calouste Gulbenkian, em 1996 e o Prémio Nacional de Pintura - 2º Bienal de Arte AIP. A 10 de Junho de 2006, foi agraciado pelo Presidente da República com o grau de Grande Oficial da Ordem de Mérito, na cerimónia comemorativa em Angra do Heroísmo. Até 31 de Dezembro está a decorrer uma exposição retrospectiva no Centro Municipal de Cultura de Ponta Delgada.

HELENA ABREU E LIMA nasceu e vive atualmente no Porto. Iniciou os estudos superiores em 1963 na Escola Superior de Belas Artes terminando a licenciatura em Pintura em 1968. Com uma carreira profissional de 35 anos, encontram-se entre os diversos cargos exercidos, gestão escolar, orientação de estágios pedagógicos, membro da revisão de programas de educação visual, delegada e coordenadora de disciplina ou departamento. Entre as diversas e enriquecedoras experiências pedagógicas destacam-se a colaboração com a Escola do Magistério Primário entre 1974 e 1976 e as atividade de contacto com invisuais no Instituto São Manuel do Porto. Desenvolveu uma série de iniciativas pedagógicas de exposições interdisciplinares.

SOBRAL CENTENO nasceu no Porto em 1948. Em 1960 ingressa na Escola de Artes Decorativas Soares dos Reis e em 1966 faz a sua primeira exposição individual na Galeria do Primeiro de Janeiro, em Coimbra. Em 1969 forma um grupo com Sá Coutinho e Manuel Porfírio, com quem desenvolve uma série de projectos artísticos. Ainda nesse ano faz prova de aptidão à Escola Superior de Belas Artes do Porto para frequência do curso de Pintura, que conclui em 1979. Licenciado em Artes Plásticas (FBAUP), foi bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian (1983-1985) e docente do Instituto Politécnico do Porto (1987-2006). Nos anos 80 Sobral Centeno, com Deolinda Fonseca, Francisco Laranjo e Sebastião Resende, forma o grupo “4 Novos Artistas”. Participa em várias mostras colectivas em Portugal e no estrangeiro. Encontra-se representado em várias colecções públicas, em Portugal e no estrangeiro. A obra de Sobral Centeno é caracterizada pela presença de um gesto intenso, sobre a superfície. A cor e o movimento gestual criam uma ampla matriz expressionista que se atenua sensivelmente a partir dos anos 80 do século XX. Nessa fase insinuam-se, para lá das grandes pinceladas livres, formas claras e configurações que se reconhecem, entre a definição de objectos e a mancha.

PAULO BARROS Licenciado em Farmácia pela Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto, em 1981. Integrado na carreira docente universitária, participou, nessa mesma Faculdade, na docência das disciplinas de Química Orgânica, Química Farmacêutica Orgânica e de Bromatologia, de 1981 a 1989. Ingressou em 1989 no Instituto do Vinho do Porto (IVP) como Diretor de Serviços Técnicos.Desempenhou funções na OIV - Organização Internacional da Vinha e do Vinho (Paris), com responsabilidades na área dos métodos de análise de vinhos e suas implicações no comércio internacional. Presentemente coordena o Núcleo do Conhecimento do IVDP.

Org: Departamento de Design

 


7 novembro 2019
18:00

Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto

 

AULAS ABERTAS ANTERIORES

Feira do Livro

Apareçam e descubram leituras para as férias!


22 a 28 junho 2017

Livraria i2ADS

Poesia, Raça e Género: Para uma escrita poética interseccional // Leituras Feministas com Raquel Lima

Leituras Feministas é um grupo de estudo do i2ADS-FBAUP que cruza o fazer artístico e cultural com: o debate em torno da visibilidade de práticas artísticas feministas, minoritárias e o impacto da recuperação dessas práticas na teoria e história da arte; a diferença sexual racial e de classe como impulsionador da prática e leitura da arte e cultura, leituras feministas e pós-coloniais; as práticas pessoais e políticas no campo expandido, arte, performance, e vida; e finalmente práticas de cuidado, responsabilidade e responsabilização.


28 maio 2020
18:30
Zoom
(mediante inscrição prévia)

Sessão Solene

Sessão Solene de abertura do ano lectivo.


22 setembro 2017 · 15:30

Aula Magna

Data as artist material // Sunčica P.K.

Esta Aula Aberta e Workshop vão explorar os tipos e formas de dados, através de exemplos de quase-história, de práticas como Arte e Linguagem até o movimento Visualização de Dados atual, para além da sua aplicação na prática artística. O workshop é aberto à comunidade, tendo lotação limitada.


12 dez 2018

16:00
PS12

Ilustração Científica // Workshop de Pedro Salgado

Este workshop é realizado no contexto da U.C. Campos e Funções do Mestrado de Artes Plásticas e tem caráter obrigatório para os seus estudantes. No entanto, aceita inscrições individuais, de fora e dentro da Universidade do Porto. As inscrições estão limitadas a 5 vagas.


16 + 30 nov 2018

Pavilhão Sul

Print Open

Workshops + Talks + Induction Courses sobre gravura


15 a 30 nov 2018

Oficinas de Técnicas de Impressão

SØS — Sunset Open Sessions / Sessão de apresentação

Um jogo que promove o tratamento da anorexia nervosa, uma plataforma educativa para a compreensão da leitura e um app que serve como guia de visita da Galeria de Biodiversidade no Porto são alguns dos projetos que vão ser apresentados dia 27 de maio, no Sunset Open Sesion. Os trabalhos foram realizados por investigadores do Curso de Especialização em Design de Interação, Web e Jogos.


27 mai 2019
17:00

UPTEC Asprela I
Rua Alfredo Allen, 455/461

PCD20

Processing Community Day 2020


13 fev 2020
Aula Magna, PS43 & PS01
09h00, PS43 Workshop de introdução ao processing (3h)

12h00, Aula Magna Keynote de Penousal Machado, CDV Lab (1h)
14h30, PS01 Open Talks. Programa a anunciar (2h)
17h00, PS43 Workshop de introdução ao Max/MSP-Jitter (3h)