Select Page

Concurso Nacional de Ilustração “O Sol Marca a Sombra”

O concurso nacional de ilustração “O Sol Marca a Sombra”, inspirado no trabalho de Lourdes Castro (1930, Funchal /Madeira), é promovido pela Fundação Cecilia Zino e integra o ciclo de ações interdisciplinares, pedagógicas e expositivas de homenagem à obra da artista.

Tendo como base a utilização e divulgação da obra e visão incontornáveis de Lourdes Castro, este projeto multidisciplinar visa apreciar a dimensão psicológica da obra da artista, bem como o impacto que esta possa vir a ter com crianças e jovens, mormente as que se encontram em situação de perigo e vulnerabilidade e demonstrar a inegável importância da prática artística como elemento vital à evolução individual e comunitária. Aprendendo sobre o que é o Grande Herbário de Sombras, o projeto pretende, em suma, criar um novo herbário (emocional) da Ilha da Madeira. 
O trabalho de Lourdes Castro, inicialmente ligado ao nouveau réalisme, movimento esse que descobria e praticava novos modos de ler e ver a realidade, ao disseminar-se, habita e ocupa um mundo de silhuetas e sombras. E é com as sombras e as suas formas e toque que nos queremos ocupar. (A sombra no plano cosmogónico e primordial é o momento da fundação da criação). 
As sombras e silhuetas de Lourdes Castro são guias de afetos, luz e simplicidade. As sombras são certezas e conselheiras. A sombra, pessoal e única, é a marca e o fulgor da individualidade. A aura essencial que revela uma outra vida. Viver com a sombra não é estar no obscuro, mas viver em simbiose com a luz. Nas rotações do tempo em que ia, voltava e ficava pela ilha da Madeira, Lourdes Castro sempre amou e leu as figuras e a natureza da ilha.

Com o seu livro "Grande Herbário de Sombras" (Verão de 1972), capta e cataloga cerca de 100 espécies botânicas. Um trabalho meticuloso, rico e inesgotável, indissociável da vida e texturas desta terra e que demonstra a força onírica do mundo natural. A sombra que de facto vive devido à presença da luz e da impressão direta, pelo sol, em papel heliográfico. No livro, surgem as sombras de várias flores e plantas (camélias, gerânios, malmequeres, miosótis, narcisos, rosas, salsa, folhas de palmeira, entre outras) e tudo feito de uma forma tão natural e quotidiana que exclui esforço, habilidades prévias ou alguma impossibilidade. Flores, folhas, matérias efémeras e vulneráveis a ganhar a eternidade pelo registo das suas sombras. Do seu desenho e contornos. Um livro notável que reclama toda a energia solar e regista o invisível e a relação inerente entre vida e arte. 

AUTORES DAS ILUSTRAÇÕES SELECIONADAS:
Diogo Alexandre Fernandes de Sousa
António Maria da Cunha Correia dos Santos Lopes 
Ana Catarina Sousa Miranda 
Daniela Natália Barros Alves 
Ana Isabel JesusVasconcelos
João Parente Moita
Leah da Silva Saraiva
Luisa Castro Portugal Ferreira
Juliana Margarida Taveira Nobrega

Os três premiados serão divulgados na abertura da exposição (dia 17 setembro, às 17h00).


17 set a 1 out 2021
Galeria do 1º andar

 

 

 

EXPOSIÇÕES ANTERIORES

Sopro

Mostra Curricular de Estúdio em Escultura. Mestrado em Artes Plásticas. 2.º semestre.


21 a 22 jul 2020
oMuseu

O avesso do avesso do avesso [do avesso]

O avesso do avesso do avesso [do avesso] é o título de uma exposição que começou há alguns meses no contexto do programa doutoral em Artes Plásticas da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto.


/Online

SHIFT

Exposição de Finalistas de Design de Comunicação 2019/20


28 set a 02 de out
oMuseu

 

As fotografias e o resto

Sexta edição da exposição anual de estudantes de Práticas da Fotografia, reunindo trabalhos realizados no ano letivo de 2020/21.


[ADIADO]
oMuseu

 

Vaga

Uma ocupação sonora e visual.


21 a 25 set
FBAUP

 

Com-Fim

Intervenção final dos estudantes de Projecto (Licenciatura em Artes Plásticas – Multimédia)


/Online

 

Intervalo — Antes e depois, o desenho

Exposição de Práticas de Desenho [Licenciatura em Artes Plásticas]


prolongada até 10 out 2020
Sala de Exposições Temporários do Lugar do Desenho

 

do it (home)

do it comissariada por Hans Ulrich Obrist e desenvolvida pela Independent Curators International (ICI), com curadoria local de Lúcia Almeida Matos e Inês Moreira, aconteceu no Pavilhão de Exposições da FBAUP no decorrer de Março a Junho de 2017. Uma exposição que contou com a colaboração de estudantes, docentes e restantes colaboradores da Faculdade, na interpretação de 23 instruções de artistas internacionais. Surge agora neste período de distanciamento social a do it (home) que convida a novas interpretações a serem realizadas por qualquer pessoa. #doitathome

Sonhos e Raciocínios — 500 anos depois de Leonardo da Vinci

A exposição Sonhos e Raciocínios explora cinco aspetos presentes no desenho do Porto — variante e variação, o gesto quotidiano, o gesto da escrita, mínimo e excesso, o olhar íntimo — em desenhos de várias épocas e autores que abrangem desde estudos precisos a lápis em pequeno formato até instalações de desenhos-performance.


17 out a 14 dez 2019
Pavilhão de Exposições

Leonardo da Vinci – O desenho do Porto

A obra de Leonardo da Vinci, Rapariga lavando os pés a uma criança, será exibida durante o dia 2 de maio, quando se assinalam os 500 anos sobre a morte do grande artista italiano.


2 maio 2019
11:00 às 20:00
Pavilhão de Exposições

Imagem / Técnica — Os inventários de Emílio Biel

Exposição dedicada aos álbuns fotográficos de grande formato que o fotógrafo, editor e empresário alemão publicou para a Associação dos Engenheiros Civis Portuguezes.


31 maio a 20 julho 2019
Pavilhão de Exposições
Inauguração 30 maio às 18:00

 

A partir do Antigo

A exposição refere-se a métodos de formação artística historicamente baseados na cópia de modelos clássicos. 


1 março a 20 abril 2019
Pavilhão de Exposições
Inauguração 28 fevereiro às 18:00

 

Japanese Design Today 100

Design Japonês Hoje 100


16 novembro a 15 dezembro 2018
Pavilhão de Exposições
Inauguração 15 novembro às 18:00

 

Histórias por contar

Elas: autoria & autoridade em questão


20 julho a 27 outubro 2018
Pavilhão de Exposições

Prata da Casa

É uma exposição organizada por André da Loba a convite do Clube de Criativos de Portugal que reúne 120 ilustradores, de diferentes gerações e diferentes áreas de formação – incluindo alguns estudantes e professores desta Faculdade.


16 setembro a 4 outubro 2019
Pavilhão de Exposições
Inauguração 16 setembro às 12:00

Uma mão cheia de nada

Exposição dos finalistas em Artes Plásticas Multimédia da FBAUP


1 a 4 jun 2021
oMuseu, Galeria Cozinha e Pavilhão Central
Abertura · 1 jun · 14 às 18 horas

Ao Postigo

Exposição dos finalistas em Artes Plásticas Pintura da FBAUP


9 a 14 jun 2021
oMuseu, Galeria Cozinha e Galeria 1º andar

Lançamento da publicação Tropismo Fotográfico

A publicação é o resultado da residência que reúne obras de Mariana Fogaça, Rita Almeida Leite e o coletivo Lab.25, composto por Álvaro Oliveira, Miguel Teodoro, Rodrigo Machado e Rui Mota, com textos de Inês Moreira e Susana Lourenço Marques.


30 jun 2021
17:00
Terraço do oMuseu

O Direito às Histórias

Novas perspectivas em desenho e gravura 2021
Exposição de estudantes do Mestrado em Artes Plásticas — estúdio de desenho


3 jul a 11 set 2021
Fundação Júlio Resende

Intervalo

Antes e Depois, o Desenho 2020/2021
Exposição de estudantes da UC 
Práticas do Desenho – Licenciatura em Artes Plásticas


3 jul a 11 set 2021
Fundação Júlio Resende – O Lugar do Desenho

 

I Can See the Future

Exposição Final do 1.º Ciclo de Estudos em Design de Comunicação


28 jun a 2 jul 2021
oMuseu
Inauguração 28 jun às 17:00

Elipse Zero|Null Ellipse

Exposição de trabalhos realizados em Estúdio pelos estudantes do Mestrado em Artes Plásticas (MAP) especialização em Escultura. 


7 a 9 jul 2021
oMuseu
Inauguração 17:00

Claraboia: 20 rasgos

Exposição dos finalistas em Artes Plásticas – Escultura


17 a 23 jun 2021
oMuseu, Galeria Cozinha, Galeria 1º andar e jardim

Primeira Avenida / Duplo Sentido

Processos e Percursos — exposição dos processos de trabalho dos estudantes do Mestrado em Arte e Design para o Espaço Público


18 jun a 18 jul 2021
Praça do Munícipio e Avenida Álvares Cabral

Vila Nova de Gaia