Select Page

Conversa com Rui Mealha

https://videoconf-colibri.zoom.us/j/89830857672?pwd=dXNybEFQVFVDbWJiajhzNXBVSVV6QT09

 

Mário Gonçalves Fernandes apresenta

RUI MEALHA.

As transformações urbanas contemporâneas determinam novas problemáticas que questionam a pertinência e validade dos anteriores conceitos e paradigmas. Torna-se assim fundamental a procura de novos instrumentos e metodologias de análise e de atuação arquitetónica e urbanística.

“Pensar o território como suporte das dinâmicas de socialização equivale a dizer que a territorialidade é, na sua essência, um fenómeno social” (Dematteis 2005). Neste sentido, a ‘territorialidade’ resulta como contextura de todo um conjunto de relações complexas, dos seus atores e processos de conformação em sistemas multiescalares de natureza espacial, funcional, simbólica e sócio-produtiva. Interpretando a complexidade e relativa imprevisibilidade das novas dinâmicas da urbanização, compete ao desenho de projeto evidenciar condições de inovação inerentes à construção de uma “boa ideia” de cidade, e conceptualizar, com eficácia, a aprendizagem e a práxis disciplinar em territorialidades frequentemente incomuns, instáveis e de difícil apreensão.

Nesta oportunidade é proposta uma breve reflexão acerca da atuação no espaço da urbanização: de como o projeto reconhece e representa a realidade que pretende modificar, realidade muitas vezes contingente, em mutação, e marcada por novas expectativas de vida das populações.

 

Rui Mealha é arquiteto pela FAUP, onde também é professor desde 1989 e se doutorou com uma dissertaçãointitulada “Aspectos da actuação urbanística entre programas, planos e projectos: programas, tempos e formas do projecto urbano - a carta da Asprela”. É docente de Projeto 5 e regente de Urbanística do Curso de Mestrado Integrado em Arquitetura, docente de Estúdio de Projeto Urbano do Mestrado em Projeto e Planeamento Urbano, e regente de Teoria do Curso de Doutoramento em Arquitetura, sendo ainda membro da sua Comissão Científica.

Como investigador no Centro de Estudos de Arquitetura, tem vindo a trabalhar sobre as relações da arquitetura com o espaço da urbanização contemporânea.

Participa regularmente em workshops, conferências e exposições nacionais e internacionais de arquitetura, e é autor de diversas publicações da especialidade.

 

 

 


1 jun 2021
18:30
Zoom

CONFERÊNCIAS ANTERIORES

Pensamento e Catástrofes

Ao longo de três dias, autores, ^lósofos e artistas reúnem-se para, não apenas debaterem as possibilidades de compreendermos as catástrofes, como também – no dizer de Jean-Luc Nancy – enunciarem algo do «pensamento como catástrofe».
http://pensamentoecatastrofes.up.pt


18 a 20 maio 2017

Processos de transformação no Ensino/Aprendizagem em Arte

Alexandre Alves Costa, Anni Ghunther Nonell, Domingos Tavares, José Paiva, Mário Bismarck, Miguel Leal, Rui Braz Afonso, Sérgio Fernandez e Estudantes da UC optativa do MIARQ/FAUP – Arquitectura: processos de transformação no ensino/aprendizagem


5 e 6 julho 2018
Sala 13A Pavilhão Sul e Auditório do Pavilhão Carlos Ramos

Apresentação Pública da Bienal BoCA

A BoCA – Biennial of Contemporary Arts é uma nova bienal de artes contemporâneas que tem a sua primeira edição entre 17 de março e 30 de abril de 2017, nas cidades de Lisboa e Porto.


10 fevereiro de 2017 · 17:00
Aula Magna

A Aura da Imagem

Sessão organizada a propósito da apresentação do 1º número da publicação SOPHIA “Crossing Borders,Shifting Boundaries, The Aura of The Image” 


30 novembro 2017 · 17:30
Auditório Pavilhão Sul